Curte frio? Veja as cidades incríveis p/ você viajar no inverno – Pacotes Off

Veja a nossa seleção dos melhores destinos de inverno do Brasil! Destinos que combinam charme, boa mesa e natureza para você curtir durante o inverno no país.

Gonçalves (Minas Gerais)
Pousadas muito bem decoradas, restaurantes e cafés convidativos e caminhadas em meio à natureza. A pequena Gonçalves vive uma lua de mel com os turistas, com boa infraestrutura e novos endereços a cada temporada, tudo com serviço atencioso e belas paisagens.

Urubici (Santa Catarina)
No triângulo entre São Joaquim Urupema eUrubici temperaturas abaixo de zero e neve ocasional fazem a alegria dos turistas. A disputa pelo título de cidade mais fria do Brasil é acirrada (e tem dezenas de outros pretendentes), mas Urubici destaca-se por um centrinho agradável, boas opções gastronômicas, pousadas de qualidade e uma natureza de recortes deslumbrantes.

Campos do Jordão (São Paulo)
Quando o frio chega, paulistas de todos os cantos invadem o alto da Serra Mantiqueira. E, antes deles, chegam baladas agitadas, lojas de grife e filiais de restaurantes badalados. O Festival Internacional de Inverno de Campos de Jordão é o maior de seu gênero.

Bento Gonçalves (Rio Grande do Sul)
Não bastam os 30 produtores do Vale dos Vinhedos que, juntos, produzem mais de 12 milhões de garrafas de vinho ao ano. No alto da Serra Gaúcha, Bento Gonçalves possui cantinas tentadoras, o melhor galeto do Brasil e pousadas com muito charme.

Cambará do Sul (Rio Grande do Sul)
Antessala para os parques nacionais da Serra Geral e Aparados da Serra, a gaúcha Cambará do Sul é o trampolim perfeito para duas das mais belas paisagens do país, os cânions Itaimbezinho (foto) e Fortaleza.

Domingos Martins (Espírito Santo)
O perfil quase escultórico dos mais de 1800 metros da Pedra Azul é só o cartão de visitas de Domingos Martins. A cidade capixaba possui também um divertido passeio de trem e algumas boas pousadas.

Petrópolis (Rio de Janeiro)
Tão perto e tão diferente do Rio de Janeiro, Petrópolis foi a escolha de Dom Pedro II para seus retiros de verão. Seu luxuoso palácio hoje é o Museu Imperial. Já a infraestrutura turística destaca-se por hotéis ora romântico, ora bem solucionados para famílias.

Cunha (São Paulo)
Debruçada sobre a fluminense Paraty, a paulista Cunha tem ateliês de cerâmica e suas famosas aberturas de fornos.

Visconde Mauá (Rio de Janeiro)
Atrações é que não faltam neste trecho da Serra da Mantiqueira. Pousadas aconchegantes, jantares estrelados, caminhadas e cavalgadas com vistas deslumbrantes e feirinha de artesanato são uma pequena amostra de quem elege Visconde de Mauá como destino.

Gramado (Rio Grande do Sul)


Gramado é uma espécie de filial alpina nas montanhas do Rio Grande do Sul. A fondue veio da Suíça, assim como os chocolates. O estilo enxaimel das casas é alemão, mesma origem da casa de chá Teeladen e das árvores do Lago Negro. Do mundo todo são os carros expostos nos museus.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of